segunda-feira, 25 de julho de 2011

Ritual


A tua deliciosa, safada, insistente
Língua, em mim
Quente, ardente
E ferve,  indomável, percorre célere
meu corpo febril e clemente
pelos teus beijos e amassos, no meio de abraços,
delírios espírito-carnais
teu sarro em minhas coxas, macias tenras que anseiam
línguas ardentes, adoro, indecentemente
sou estrela cadente q ascende - e acende
volúpia ao ser, mulher, amante e fêmea,
 Anjo orgástico, deva magia
E me rendo...
 macho, braços, ombros, pernas,
 contundente delícia fremente
Enlouqueço lucidamente e tornando certo
 decerto, acerto
sacralizando tua língua em meu ser
e me encharco inteira  em você, penso morrer
e vibrando você em você renascer
Corpo e alma e bocas e sexos
encontros voluptuosos, incandescentes
ambiciono teu falo, te falo
sacras imoralidades
te amo, onde a libertinagem
  é realização, sem pecado e sem perdão
 me abrindo, persigo você,
à meia luz, e sob o céu, sagrado
 gozando, sentir você, te agarro
e recomeço recomeços, agrado
Te amo amando um amor
Mais do que amado.

Renata Rothstein - Ao Eriko, Amor e Companheiro de Muitas Vidas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário